De Volta ao Passado

Os principais fatos do ano excursionista – 1960:

Atendendo à solicitação formulada pelos responsáveis do Programa “Mais Perto do Céu”, apresentamos como fatos mais importantes do ano de 1960, os seguintes:

No C.E.G.:

1º) Formação de dois guias excursionistas, diplomados pela Escola Técnica de Guias Excursionistas do Clube Excursionista Rio de Janeiro – CERJ.

2º) Aprovação do Estatuto do C.E.G. em Assembléia Geral, de 08/08/1960.

3º) Filiação do C.E.Guanabara à União Brasileira de Excursionismo.

No excursionismo em geral:

1º) Descalada do Edifício São Borja, em 08/12/1960, patrocinada pela União Brasileira de Excursionismo (U.B.E.) e em combinação com os festejos do 1º Festival do Rio de Janeiro.

2º) Desapropriação, por parte do Governo do Estado da Guanabara, dos terrenos adjacentes à Pedra da Gávea.

3º) Pacificação da questão existente, entre Magé e Teresópolis, relativa a situação geográfica do “Dedo de Deus”, devido a grande atuação do excursionismo, e a inauguração, em Teresópolis, do Monumento aos Conquistadores do Dedo de Deus.

Planos do C.E.Guanabara para 1961:

1º) Registro do C.E.G. em Cartório.

2º) Aumento do patrimônio do C.E.G., inclusive com a confecção de material timbrado, o mínimo necessário ao funcionamento normal de sua Secretaria.

3º) Consolidação do C.E.G. como “centro excursionista” com a aquisição de novos sócios e a elaboração e aprovação dos regulamentos e regimentos internos.

Texto transcrito do Boletim Informativo de Janeiro de 1961 – Ano 2 – Nº 13

Share

Leave a Comment