A primeira Montanha da trilogia Carnaval 2012: Pedra Aguda

Alguns amigos montanhistas falavam que passar o Carnaval no Sítio do Pierre era legal pela reunião da galera, pela piscina de águas naturais, pelo tempero da Loló e, principalmente, pelas caminhas interessantes pela região.

Chegamos sexta-feira (17/02) ao sítio, por volta das 2 horas da manhã. Apesar da noite clara e estrelada, admito que não enxerguei o nosso desafio da manhã seguinte: a Pedra Aguda.

Na manhã do sábado de Carnaval, eu e Vinícius nos aventuramos em subir a Pedra Aguda guiados pelo Bacellar e pelo PJ. Logo no começo, diante da falha no “GPS” dos nossos heróicos guias, tivemos uma pequena dificuldade em identificar a trilha, mas o Pierre gentilmente nos indicou o caminho (rs).

A subida pela trilha leva pouco mais de uma hora de caminhada íngreme através de mata e costões de pedra, chegando ao trecho onde existe uma corda fixa com ajuda da qual passamos para o outro lado da Montanha.

Logo depois nos deparamos com dois trechos com “arame” de aço – tem quem jure que é um cabo! – levemente expostos: o primeiro em diagonal e o segundo, mais longo, em vertical. Mais alguns minutos de caminhada e voilá: o cume da Pedra Aguda!!!

O cume estava tão convidativo que ficamos lá por mais de uma hora até sentirmos o cheirinho do almoço da Loló (rs). A vista das montanhas da região, cobertas pela vegetação nos lembra um tapete verde; o vento, a vista de cima do sítio e o bom papo com os amigos nos faz esquecer que existe uma descida bem chata pela frente.

Voltamos pela trilha passando pelos desafios já enfrentados até o “lance” que sabemos fazer melhor: o último grampo!!!

Ana Carolina Oliveira

Share

Leave a Comment