Boletim Informativo de Jan a Mar 2012

EDITORIAL No CEG, o ano não começa depois do Carnaval É comum ouvirmos que o ano só começa depois do Carnaval. No CEG, vamos provar que não é bem assim!!!! Em janeiro, além de caminhadas no Rio de Janeiro, o mês contou com uma excursão para Santa Rita de Jacutinga (MG), organizada pelo Trindade, que reuniu cerca de 40 participantes. Enquanto isso, a diretoria do Guanabara estava a todo vapor na organização de uma das festas mais badaladas do montanhismo: o bloco Só o Cume Interessa (SoCI). Nesse ano, o SoCI superou tanto na organização, quanto em número de público. O bloco saiu sem dar prejuízo ao clube. Graças ao … Continue lendo →

Sucesso do bloco Só o Cume Interessa

No dia 11 de fevereiro, os montanhistas compareceram à Urca, não apenas para escaladas e caminhadas, como de costume. Neste sábado foi o dia de caírem na folia com o Bloco Só o Cume Interessa. Em sua 7ª edição, o Bloco Só o Cume Interessa atraiu mais de 200 pessoas à Praia Vermelha, dentre montanhistas, amigos, familiares, banhistas, turistas e foliões, que souberam do bloco através da lista da Prefeitura. Organizado pelo Centro Excursionista Guanabara (CEG), o bloco já faz parte do calendário de eventos do montanhismo do Rio de Janeiro. A bateria foi DEZ!!!! Começou a tocar ao meio dia (concentração) e só parou após as 16h. Às 14h, … Continue lendo →

Boletim Informativo de Out a Dez 2011

EDITORIAL Adeus Ano Velho…. Feliz Ano Novo Queridos sócios, Estamos chegando ao final de mais um ano, ao final de mais uma temporada, ao final de mais uma primavera, mas de forma alguma ao final de todas as coisas. E é bom que algumas coisas terminem, para começarmos coisas novas, e também para comemorar os ciclos que se completam! Este ano foi um grande ano para o clube, e pode-se destacar duas coisas em especial. Pelo ponto de vista da continuidade, as obras que realizamos em nossa sede, coordenadas por nosso querido tesoureiro Tio Luiz. E pelo foco da novidade, o CBM 2011, que trouxe tanta gente boa para nosso … Continue lendo →

Fique por dentro….

Branca de Neve No dia 14 de agosto, aconteceu “uma das excursões mais chocantes do ano”, conforme comentou Wal, em email enviado à lista do Guanabara. “Fomos em 22 pessoas…guanabarenses e cerjenses.  Apenas um inscrito amarelou…o cara botou fé na chuva e passou da hora na cama…e olha que ele estava dormindo ao lado do Vale dos Frades… Bom, o tempo estava meio barro meio tijolo… mas a vontade da galera em subir o “Branca”, como já havia sido apelidado, era enorme! Partimos direto pro ponto onde tínhamos dado por encerrado nossa expedição de semanas atrás e, a partir dali, abrimos a trilha no facão mesmo.  Fomos de facão eu, … Continue lendo →

Pedra Verde

Em maio deste ano, recebi um convite do Boris, para uma conquista em Madalena. A cidade de Santa Maria Madalena fica a 250 km do Rio de janeiro e foi o berço de algumas celebridades como Sidney Magal e a gloriosa Dercy Gonçalves, cuja estátua com os seios à mostra encontra-se em lugar de destaque no pequeno centro urbano. A ideia parecia boa, agendamos uma data e nas semanas seguintes, sempre que esbarrava com o Boris, ele vinha com alguma foto aérea nova,  ou informação. Mas nesta época, por questões pessoais e profissionais, estava sempre com pressa e pouco participei desta fase, confiando inteiramente no instinto do camarada Boris. Conforme … Continue lendo →

Testa da Mulher de Pedra

No último final de julho foi realizada mais uma excursão do Waldecy: Testa da Mulher de Pedra. Após 16 anos sem fazer essa caminhada, a excursão contou com 16 participantes. “Bom, tivemos que abrir a trilha, da base até o cume…os facões não pararam…até a Miriam Bamo faconou…da-lhe Bamo!!! Subimos em 3h40 e descemos em duas horas.  Último grampo num buteco novo que achamos em Vargem Grande mesmo.  De lá, eu e Liane partimos pro Queijos e Vinho do Guanabara. Ponto positivo: a disposição do Velho…o cara não parou com o facão!! Ponto caidaço: carrapatos…me fu…!!!!”, relatou Wal, em email de onde foi extraído esse conteúdo.

Queixo da Mulher de Pedra

Conseguimos, enfim, chegar ao Queixo da Mulher de Pedra.  A coisa funcionou em etapas. Começou com a reabertura da trilha até a Testa, no dia 30 de julho. Depois, numa expedição com o Nilton Campos e Zé, no dia 25 de agosto, chegamos ao Nariz, abrindo uma trilha com muitos espinhos. Programei para o dia 7 de setembro um bivaque na Testa, para daí sim, no outro dia, tentar chegar ao Queixo.  Bom, só o Boris topou o bivaque.  Resolvi então apostar as fichas para somente um dia. Havia me esquecido que montanhista dos dias de hoje não gosta de dormir no mato… estranho… Saída do Rio às cinco da … Continue lendo →